A tristeza em ‘A Garota da Casa ao Lado’ | DarkSide Books

Deixei somente o último capítulo para 2021, será que configura como primeira leitura do ano?!

A Garota da Casa ao Lado (@DarksideBooks) do Jack Ketchum é um verdadeiro pesadelo contado em pouco mais de trezentas páginas.Inspirado na história real de Sylvia Likens, o livro mostra como o ser humano pode ser cruel. Cruel mesmo. Eu tinha visto no canal da Bailey Sarian faz um tempo esse caso e só fui me dar conta que era a trama do livro lá pela metade. Sorte a minha ter esquecido. Acho que meu cérebro a bloqueou por motivos óbvios.

Uma coisa é ler sobre Bundy, Dahmer, Ramirez, BTK e toda a corja já famosa por seus crimes, principalmente contra mulher. Outra é ver uma mãe torturar uma adolescente com a ajuda de outros adolescentes, sem resquício algum de humanidade ou empatia, em uma época em que as surras sem motivos eram merecidas, mesmo nunca fazendo sentido para quem está apanhando. Nunca faz.

Muitas coisas diferem do caso real, mas a raiva que eu tive lendo… Ah, que ódio! Você vai se encontrar no porão, claustrofóbico, suado e impotente também, eu juro. Uma denúncia que ainda hoje é pertinente, em especial nas zonas periféricas e de pobreza extrema. Aquelas lá, que passam uma vez por ano na tv e você esquece dois dias depois.

Não recomendo fazer uma busca sobre o caso antes da leitura. Na verdade, nem após. Mas fingir que nada aconteceu, é fazer com que mais Ruths por aí continuem em liberdade.

Naíra Flores

Naíra Flores é publicitária, jornalista e gostaria de ter a vida dirigida por John Hughes. Anota todos os filmes que vê, tá com o TV Time todo atrasado, viciada em true crime e adora música ruim. Troy and Abed in the moooooorning. Segue lá no TV Time: Naíra Flores / Instagram @Nairaflorex

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: