As melhores séries de 2019 (Até agora)

2019 já está quase indo embora, e com ele, o fim de grandes produções como Game of Thrones, Veep, The Big Bang Theory e Orange is the New Black. Porém, ano trouxe mais visibilidade para a Amazon Prime Video e suas ótimas Fleabag e The Boys não saíram da boca do povo. Chernobyl tirou o gosto amargo do fim desastroso de GoT. Vamos recapitular quais foram as melhores estreias até agora.

Years & Years (BBC/HBO)

A minissérie acompanha a família Lyon e as mudanças políticas e sociais ao longo dos anos em um drama distópico. Years and Years é assustadoramente real e atual. Além do banho de atuação de Emma Thompson (ela encarna uma política com ideias radicais), imigração, questões raciais, LGBT, ativismo e tecnologia são abordados nessa produção. São 6 episódios por volta de uma hora que, apesar da carga

Euphoria (HBO)

Com tantas produções adolescentes por aí, Euphoria é um grande acerto da HBO. Com um enredo que está para ‘Kids’ do que para ‘A Barraca do Beijo’, a série acompanha Rue (Zendaya), recém saída da rehab com zero intenções de manter-se sóbria. Uma aula sobre nudes, depressão, ansiedade, aborto, catfish, discussão de gênero entre outros, são temas do sucesso da HBO. Zendaya é um show à parte, com indicação ao Golden Globes e até ao Oscar se depender de mim. Atenção na meio brasileira Barbie Ferreira! Você consegue assistir no HBO GO e no Now.

Olhos Que Condenam

Olhos que Condenam é uma das melhores produções da Netflix em muito tempo. A história real sobre os 4 jovens acusados injustamente de estupro e agressão em 1989 é até hoje um momento que a justiça de NY gostaria de esquecer. Para o espectador, os nós na garganta e no estômago são frequentes durante os 4 episódios da série vencedora do Emmy.

Chernobyl

O que para muitos era só hype, acabou se confirmando como uma produção riquíssima em detalhes, fotografia e história, trazendo o pesadelo, o caos, e principalmente, as mentiras por trás de todo o grafite para os dias atuais. Uma triste coincidência com o que acontece nas praias do nordeste brasileiro hoje, onde voluntários sem preparo ou equipamentos, se arriscam no mar retirando o óleo que acomete toda a costa na maior tragédia marítima da história do nosso país.

Boneca Russa

Mesmo com as indicações ao Emmy, Boneca Russa não teve o reconhecimento que merece ainda. Natasha Lyonne (aka Nichols) revive várias vezes o momento da sua morte por algum motivo, e a cada dia da marmota, ela começa a entender como suas ações e jeito de levar a vida afetam a si mesma e as pessoas a sua volta. É da Netflix.

Menção honrosa para as 2ªs temporadas de Fleabag, Pose e Cobra Kai.

Qual foi a melhor estreia de 2019 pra você? Conta aí!

https://www.pastilhadrops.com.br/2019/11/13/as-melhores-series-de-2019-ate-agora/

Naíra Flores

Naíra Flores é publicitária, jornalista e gostaria de ter a vida dirigida por John Hughes. Anota todos os filmes que vê, tá com o TV Time todo atrasado, viciada em true crime e adora música ruim. Troy and Abed in the moooooorning. Segue lá no TV Time: Naíra Flores / Instagram @Nairaflorex

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: