The Carters – Everything is Love; Por Dentro da Vida do Casal Mais Bem-Sucedido do Showbiz

https://www.pastilhadrops.com.br/2018/06/19/the-carters-everything-is-love-por-dentro-da-vida-do-casal-mais-bem-sucedido-do-showbiz/

O que se passava dentro do elevador de um uns hotéis mais luxuosos de Nova Iorque em 2014, quando Solange Knowles agrediu Jay Z, ninguém fora do círculo íntimo dos Knowles / Carters sabe, mas outros detalhes do casal Carter, formado pela superestrela Beyoncé e a lenda do rap Jay-Z, podem ser conferidos no novo trabalho titulado EVERYTHING IS LOVE, lançado de surpresa no último fim de semana.

Os dois estão em turnê conjunta, a On the Run 2, porém como nos primeiros shows nenhuma música nova foi posta na setlist, os rumores de um novo disco amornaram, até o mundo ser tomado de assalto com o novo trabalho.

Como uma revista de fofocas o disco funciona como um tabloide, explorando as crises e acima de tudo a vida de opulência e sofisticação em que vivem. Tudo aqui é milimetricamente colocado para expor, mas não muito, os bastidores de uma vida a dois protagonizada por figuras tão sempre no centro da indústria musical.

Musicalmente não há grandes novidades que diferenciem o novo trabalho aos anteriores, o disco soa até uníssono, mas muito bem produzido e milimetricamente no lugar.

O disco abre com a elegante SUMMER, uma faixa absolutamente romântica, que traz uma luz sobre as inseguranças e acima de tudo força do casal, o amor aqui é o tema central.

APESHIT é uma composição forte cheia de alfinetadas para toda a sociedade, é o primeiro single do trabalho.

Beyoncé está furiosa e imparável em NICE, ápice do trabalho e da indignação social.

HEARD ABOUT US é um gotoso jam oitentista que lembra os bons tempos do hip hop daquela década. Enquanto BLACK EFFECT lembra bastante o trabalho de Beyoncé no álbum homônimo de 2013, emulando também um pouco da deusa Mary J Blidge nos vocais.

E o curto disco é encerrado com LOVEHAPPY, nada mais justo do que terminar uma obra que começou falando de amor, com mais amor. A faixa lembra os tempos áureos da motown records.

Como uma vitrine do casal Bey e Jay, EVERYTHING IS LOVE, em caixa alta, os títulos das músicas inclusive, os dois são expostos ao resto do mundo, que anseia mais detalhes da intimidade dos dois artistas. Porém aqui, não espere detalhes reveladores, ou mesmo sonoridades revolucionarias. Tudo tem um gosto de Deja Vu, funcionaria como um prologo de 4:44 de Jay Z e Lemonade de Beyoncé. Uma bem sacada trilogia, que irá render ainda alguns meses de buzz nas redes sociais e delírio nos fãs.

Nota 7/10

Para ouvir;

SUMMER

APESHIT

NICE

HEARD ABOUT US

LOVEHAPPY

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: