SÓ FALTA O OSCAR | LA LA LAND BRILHA NO BAFTA 2017

Considerado a maior premiação de cinema britânica, a entrega dos BAFTA neste último domingo (12) teve como o grande vencedor o musical La La Land, que saiu vitorioso com 5 das 10 indicações em que concorria. Outra favorita para o Oscar, Viola Davis está com o saldo 100 %: de todas as premiações em que concorreu até agora pelo longa ‘Fences’, a atriz saiu vitoriosa em todos!

Confira a lista completa com os vencedores da noite:

Melhor filme

“La la land: Cantando estações”

Melhor filme britânico

“Eu, Daniel Blake”

Melhor filme de diretor, roteirista ou produtor britânico estreante

“Under the shadow” (Babak Anvari, roteirista e diretor; Emily Leo, produtor; Oliver Roskill, produtor; Lucan Toh, produtor)

Melhor filme em língua estrangeira

“O filho de Saul” (Lázló Nemes”)

Melhor documentário

“A 13ª emenda” (Ava DuVernay)

Melhor animação

“Kubo e as cordas mágicas” (Travis Knight)

Melhor diretor

Damien Chazelle (“La la land: Cantando estações”)

Melhor roteiro original

Kenneth Lonergan (“Manchester à beira-mar”)

Melhor roteiro adaptado

Luke Davies (“Lion: Uma jornada para casa”)

Melhor ator

Casey Affleck (“Manchester à beira-mar”)

Melhor atriz

Emma Stone (“La la land: Cantando estações”)

Melhor ator coadjuvante

Dev Patel (“Lion: Uma jornada para casa”)

Melhor atriz coadjuvante

Viola Davis (“Um limite entre nós”)

Melhor canção original

Justin Hurwitz (“La la land: Cantando estações”)

Melhor fotografia

Linus Sandgren (“La la land: Cantando estações”)

Melhor edição

John Gilbert (“Até o último homem”)

Melhor design de produção

Stuart Craig e Anna Pinnock (“Animais fantásticos e onde habitam”)

Melhor cabelo & maquiagem

Roy Helland e Daniel Phillips (“Florence: Quem é essa mulher?”)

Melhor som

Claude La Haye, Bernard Gariépy Strobl e Sylvain Bellemare (“A chegada”)

Melhores efeitos visuais

Robert Legato, Dan Lemmon, Andrew R. Jones e Adam Valdez (“Mogli: O menino lobo”)

Melhor curta-metragem de animação britânico

“A love story” (Khaled Gad, Anushka Kishani Naanayakkara e Elena Ruscombe-King)

Melhor curta-metragem britânico

“Home” (Shpat Deda, Afolabi Kuti, Daniel Mulloy e Scott O’Donnell)

Revelação (voto do público)

Tom Holland

Naíra Flores

Naíra Flores é publicitária, jornalista e gostaria de ter a vida dirigida por John Hughes. Anota todos os filmes que vê, tá com o TV Time todo atrasado, viciada em true crime e adora música ruim. Troy and Abed in the moooooorning. Segue lá no TV Time: Naíra Flores / Instagram @Nairaflorex

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: