Entrevista | Cultura pop na dose certa com Ivan Freitas

https://www.pastilhadrops.com.br/2016/07/16/entrevistacultura-pop-na-dose-certa-com-ivan-freitas/
Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal

Imagine ter um trabalho em que conhecer seus ídolos, prospectar entre artistas incríveis e visitar feiras geeks pelo mundo faz parte do dia a dia? Sonho? Para nosso entrevistado, é sua rotina!

Nós do Pastilha Drops tivemos o prazer de conversar com sócio fundador da Chiaroscuro Studios, marketing da Comic Con Experience, curador de quadrinhos, Ivan Freitas da Costa! Detentor de uma das coleções mais invejadas do Brasil, composta por autógrafos, action figures, artes originais e HQs dos mais renomados artistas do planeta, Ivan vai nos contar um pouco sobre a CCXP, mercado de HQs no Brasil, suas realizações, entretenimentos favoritos (como nos torturar de ansiedade com as divulgações da Comic) e muito mais, confira:

 

Qual o impacto da CCXP no mundo geek?

O evento tem contribuído para profissionalizar o mercado geek no país: quadrinistas tem uma plataforma forte para apresentar e vender seus trabalhos, editoras tem um grande evento na principal cidade do país para trazer autores e lançar novos títulos, estúdios de TV e cinema passaram a contar com um evento que atrai público e mídia, local ideal para receber grandes atores e produtores nacionais e estrangeiros.

Ano passado Frank Miller foi um nome de peso na CCXP. Esse ano os fãs terão alguma grande surpresa?

Ainda estamos em Julho e já temos um lineup bastante forte. Historicamente, os grandes anúncios acontecem a partir de Setembro e teremos muitas e incríveis novidades, tanto de convidados da CCXP quanto dos expositores, especialmente dos estúdios de cinema e TV.

Qual a importância da plataforma Social Comics aos leitores brasileiros?

Vivemos em um país de proporções continentais e com um sistema de distribuição de quadrinhos extremamente falho: a possibilidade de um leitor conhecer a produção de um quadrinista independente de uma região distante é bem pequena. Social Comics acaba sendo uma plataforma excelente para que fãs de todo o Brasil tenham acesso a quadrinhos aos quais não teriam acesso facilmente.

O que você acha do mercado brasileiro atual dos quadrinhos?

Vem crescendo e crescerá ainda mais, tanto em quantidade quanto em qualidade. E isso é bom para todo mundo.

Em sua opinião, os brasileiros lêem mais quadrinhos nacionais ou internacionais? E qual o motivo dessa escolha?

Se considerarmos os leitores de Turma da Mônica, os quadrinhos brasileiros são os mais lidos. Excluída a Turminha, os estrangeiros ganham a liderança.

 Como surgiu a Chiaroscuro Studios?

Surgiu do desejo de criar uma agência de representação de quadrinistas com foco no mercado externo e nas grandes editoras. Um dos pilares é a transparência na relação agência-artista.

Quantos quadrinistas são agenciados pela empresa?

60 artistas no Brasil, Argentina, Canadá, EUA, Portugal e Turquia.

Qual figura da cultura pop que você conheceu foi a mais marcante e por quê?

Alex Ross, na Wizard World Chicago no distante ano 2000. Foi marcante, pois sou fã incondicional do artista e o encontro veio após anos de correspondência por carta (sim, carta!).

Cite:

Seu filme favorito?

Pacific Rim (o primeiro que veio à cabeça)

Série favorita?

Penny Dreadful

Desenho favorito? Batman Animated

Banda favorita? Dave Matthews Band

Uma HQ que todo mundo precisa ler?

Três Sombras, do Cyril Pedrosa

Se você pudesse voltar no tempo, qual conselho você daria para o Ivan de 20 anos atrás?

Não espere mais 20 anos para usar aparelho. Coloque AGORA!

 

Agradecemos ao Ivan Freitas por disponibilizar do seu tempo nos concedendo esta entrevista e ser o elo entre os fãs e a CCXP nas redes sociais. #ChegaLogoDezembro!

Serviço:

A terceira edição da Comic Con Experience será realizada entre os dias 01 a 04 de dezembro, na São Paulo Expo.

Para mais informações clique aqui.

 

 

JessicaMoura

Jornalista, Fotógrafa, Chef de Cozinha e apaixonada pela cultura pop!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: